الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
sexta-feira, 3 de julho de 2020
 
 
 
As Sessões

Foram concluîdos, quinta-feira à noite em Rabat, os trabalhos  da primeira sessão ordinária do Conselho Real Consultivo para Assuntos saranianos para o ano 2009.

 



Esta sessão que foi presidida pelo Sr. Ould Errachid Khalihnna, Presidente do Conselho, foi caraterizada por dois temas centrais envolvendo  o eixo " política de água solidária,  tudo em prol do desenvolvimento sustentável para as regiões do saara," e Cultura "Al_Hassania componente de identidade marroquina".

  Senhor Ouald Errachid, em uma declaração à imprensa após a conclusão da sessão, ele sublinhou que para solucionar os problemas relacionados serão engajados esforços no sentido de solucionar o problema via o fornecimento de água potável, através de dessalinização da água do mar Ou via outras fontes ligadas a águas subterrâneas.

  Ele lembrou que os participantes na sessão concluiram que "o património da al-Hassani saraniano foi um canal através da história como  base fundamental da constitução da identidade nacional, contribuindo no sentido da preservação da identidade árabe islâmica marroquina em todas as diferentes manifestações."

Declaração do Sr. Khalihenna Ouald Errachid diante da visita do comitê Europeu dos direitos humanos para as regiões do sul

Existe aqueles que consideram que a polícia marroquina age conforme os critérios  europeus, e aqueles que acham que o Estado marroquino trata seus intelectuais adversários de maneira humana, permitindo-lhes viajar, e organizar reuniões, podendo expressar livremente suas opiniões, mesmo se essas opiniões estejam opostas, mas sim desde que elas estejam expressas pacificamente e com respeito  às liberdades publicas.

Eu creio que temos um longo caminho com a compreensão dos europeus, embora as posições e sensibilidades de pessoas envolvidas, mas em geral as visitas foram para mim positivas com vista resultados satisfatórias.

• Declaração do Senhor Ahmad Lakhrif, um membro do Conselho junto ao canal de televisão sobre os direitos humanos nas  regiões do sul.

Nas províncias do sul não existe alguém que pode nos dar as lições sobre os direitos humanos nas províncias do sul, especialmente no que diz respeito à nova abordagem que apareceu ao povo e objeto do testemunho de  muita gente que visita as províncias do sul. O qual o Marrocos respeita  conforme às instruções da sua Majestade o Rei Mohammed VI, que Deus o assiste e com base no apoio de todos em diferentes níveis do envolvimento..

• Declaração do Sr. Khalihenna Ouald Errachid, Presidente do Conselho Real Conselho Consultivo para os Assuntos Saranianos para o canal de televisão, após o final do trabalho da sessão.
Esta sessão foi dedicada ao estudo de importantes setores na vida da região, primeiro a água e o saneamento básico, isto desrespeita  os cidadãos e em particular o problema da água no sara, tratando de um problema global. E no sara fica um problema durável e permanente. Mas os resultados obtidos serão avaliados, se Deus quiser, após esta sessão envolvendo a água e o saneamento em diferentes domínios e em todas as cidades do sara. E isso é de forma positiva.  Trata de dotações que foram  ratificadas, bem como considerações em todos os campos que abordaram questões desenvolvendo e decorrentes do fornecimento da água potável. Tratando da dessalinização da água do mar, como no caso de algumas cidades hoje. Sendo que o aumento da dessalinização da água do mar aumenta a procura para outras fontes de águas subterrâneas, lembrando que as águas subterrâneas em nossos  territórios do sara continuam sendo escassas. Este projeto terminara em 2012, se Deus quiser, com vista a dissolução da maioria  dos problemas que actualmente foram concebidos para fornecer água suficiente.

Além disso, esta sessão tratou do outro lado ligado ao património cultural decorrente do componente Al Hassania identidade nacional,como identidade do Marrocos, por isso  o Conselho chamou para participar nesta sessão, um número de profissionais nesta área, professores universitários ou pesquisadores que tenham contribuído com intervenções que foram  importantes e significativas e construtivas,. Tratou de um debate sobre este ponto envolvendo a identidade cultural decorrente da identidade do património cultural do sara. Este acervo cultura foi sempre a base da identidade nacional através da história, mas no lado político foi desde o tempo da dinastia do Morabitin ou ainda do lado religioso que significa a lealdade aos reis do Marrocos. Significa a defesa dos limites em termos de batalha contra a colonização. Ou ainda em relação a contribuir para a manutenção da identidade nacional e árabe islâmica e marroquina,  em todas as suas constituições. Epara preservar este patrimônio, foi levada a proposta para a Sua Majestade o Rei referente a criação do Instituto de Estudos saranianos relacionados com o património e a cultura Al Hassania.

Esta sessão foi também uma ocasião para informar os membros do Conselho sobre o que foi alcançado nas outras sessões e, especialmente, os resultados da nossa sessão  passada, em Smara e em Dezembro de 2007. A  qual  realizara no primeiro de julho uma empresa de transporte terrestre nacional, envolvendo o  transporte nas províncias do sul de forma satisfatória e confortável e que respeita os cidadãos e de forma permanente, bem como  haverá umas aeronaves nestes territórios que desempenha papel importante no transporte e na transferência de pessoas doentes em primeiras horas, e com preços adequados e abordadas.

E o resultado da sessão de março 2008, que foi realizada no início de maio de forma regular, a qual foi reservada ao setor da saúde, incluindo todos os programas de saúde e, hoje, esses programas estudados e financiados foram inclusos no orçamento de 2009.  Iniciando os trabalhos durante este ano para mudar a imagem da saúde em todas as regiões e as cidades do sul. Não só por um lado de construção  mas também por lado de equipamentos em termos de pessoal médico e no  tratamento básico.

Isso tudo é contido nesta sessão, e envolvendo ainda estudos ligados aos domínios e assuntos relacionados com a vida dos cidadãos e em outras áreas, se Deus quiser.

Fonte: CORCAS
Noticias sobre o sara ocidental/Corcas

• Declaração do Sr. Khalihenna Ouald Errachid diante da visita do comitê Europeu dos direitos humanos para as regiões do sul

Existe aqueles que consideram que a polícia marroquina age conforme os critérios  europeus, e aqueles que acham que o Estado marroquino trata seus intelectuais adversários de maneira humana, permitindo-lhes viajar, e organizar reuniões, podendo expressar livremente suas opiniões, mesmo se essas opiniões estejam opostas, mas sim desde que elas estejam expressas pacificamente e com respeito  às liberdades publicas.

Eu creio que temos um longo caminho com a compreensão dos europeus, embora as posições e sensibilidades de pessoas envolvidas, mas em geral as visitas foram para mim positivas com vista resultados satisfatórias.

• Declaração do Senhor Ahmad Lakhrif, um membro do Conselho junto ao canal de televisão sobre os direitos humanos nas  regiões do sul.
Nas províncias do sul não existe alguém que pode nos dar as lições sobre os direitos humanos nas províncias do sul, especialmente no que diz respeito à nova abordagem que apareceu ao povo e objeto do testemunho de  muita gente que visita as províncias do sul. O qual o Marrocos respeita  conforme às instruções da sua Majestade o Rei Mohammed VI, que Deus o assiste e com base no apoio de todos em diferentes níveis do envolvimento..

• Declaração do Sr. Khalihenna Ouald Errachid, Presidente do Conselho Real Conselho Consultivo para os Assuntos Saranianos para o canal de televisão, após o final do trabalho da sessão.
Esta sessão foi dedicada ao estudo de importantes setores na vida da região, primeiro a água e o saneamento básico, isto desrespeita  os cidadãos e em particular o problema da água no sara, tratando de um problema global. E no sara fica um problema durável e permanente. Mas os resultados obtidos serão avaliados, se Deus quiser, após esta sessão envolvendo a água e o saneamento em diferentes domínios e em todas as cidades do sara. E isso é de forma positiva.  Trata de dotações que foram  ratificadas, bem como considerações em todos os campos que abordaram questões desenvolvendo e decorrentes do fornecimento da água potável. Tratando da dessalinização da água do mar, como no caso de algumas cidades hoje. Sendo que o aumento da dessalinização da água do mar aumenta a procura para outras fontes de águas subterrâneas, lembrando que as águas subterrâneas em nossos  territórios do sara continuam sendo escassas. Este projeto terminara em 2012, se Deus quiser, com vista a dissolução da maioria  dos problemas que actualmente foram concebidos para fornecer água suficiente.

Além disso, esta sessão tratou do outro lado ligado ao património cultural decorrente do componente Al Hassania identidade nacional,como identidade do Marrocos, por isso  o Conselho chamou para participar nesta sessão, um número de profissionais nesta área, professores universitários ou pesquisadores que tenham contribuído com intervenções que foram  importantes e significativas e construtivas,. Tratou de um debate sobre este ponto envolvendo a identidade cultural decorrente da identidade do património cultural do sara. Este acervo cultura foi sempre a base da identidade nacional através da história, mas no lado político foi desde o tempo da dinastia do Morabitin ou ainda do lado religioso que significa a lealdade aos reis do Marrocos. Significa a defesa dos limites em termos de batalha contra a colonização. Ou ainda em relação a contribuir para a manutenção da identidade nacional e árabe islâmica e marroquina,  em todas as suas constituições. Epara preservar este patrimônio, foi levada a proposta para a Sua Majestade o Rei referente a criação do Instituto de Estudos saranianos relacionados com o património e a cultura Al Hassania.

Esta sessão foi também uma ocasião para informar os membros do Conselho sobre o que foi alcançado nas outras sessões e, especialmente, os resultados da nossa sessão  passada, em Smara e em Dezembro de 2007. A  qual  realizara no primeiro de julho uma empresa de transporte terrestre nacional, envolvendo o  transporte nas províncias do sul de forma satisfatória e confortável e que respeita os cidadãos e de forma permanente, bem como  haverá umas aeronaves nestes territórios que desempenha papel importante no transporte e na transferência de pessoas doentes em primeiras horas, e com preços adequados e abordadas.

E o resultado da sessão de março 2008, que foi realizada no início de maio de forma regular, a qual foi reservada ao setor da saúde, incluindo todos os programas de saúde e, hoje, esses programas estudados e financiados foram inclusos no orçamento de 2009.  Iniciando os trabalhos durante este ano para mudar a imagem da saúde em todas as regiões e as cidades do sul. Não só por um lado de construção  mas também por lado de equipamentos em termos de pessoal médico e no  tratamento básico.

Isso tudo é contido nesta sessão, e envolvendo ainda estudos ligados aos domínios e assuntos relacionados com a vida dos cidadãos e em outras áreas, se Deus quiser.

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2020