الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
sexta-feira, 7 de outubro de 2022
 
 
 
Detalhes

O secretário de Estado espanhol dos Negócios Estrangeiros e Internacionais, Angels Moreno Pau sublinhou, segunda-feira passada, que o apoio do governo espanhol ao plano de autonomia para Saara constitui uma “posição coerente e de acordo com o direito internacional”.


Ao apoiar o plano de autonomia, considerado uma "base mais séria, realista e credível", visando a resolver esta disputa em torno do Saara, segundo a Sra. Angelis, perante a Comissão de Relações Exteriores do Senado espanhol, uma vez que a Espanha tem adotado uma "posição consistente que respeita  as decisões em conformidade com o direito internacional".

O responsável espanhol sublinhou que "o governo espanhol defende uma posição que se enquadra nos princípios e normas da Carta das Nações Unidas e das suas resoluções", salientando sobre esta posição que decorre da vontade de Espanha de contribuir para a estabilidade regional.

Considerando que "o reforço da estabilidade na nossa vizinhança imediata no Mediterrâneo e na costa constitui uma das prioridades deste governo num contexto geopolítico, caracterizado pela volatilidade e incerteza, uma vez que a segurança da margem sul demora uma prioridade para a Espanha e União Europeia".

A Sra. Angelis anotou que a resolução do conflito do Saara, de quase meio século, exige um esforço resoluto da comunidade internacional (...)permitindo retomar o caminho de uma maior integração regional, aos povos com direitos à estabilidade em termos de prosperidade nesta região mediterrânica.

Notícias sobre o saara ocidental-Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2022