الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
sexta-feira, 7 de outubro de 2022
 
 
 
Detalhes

O ex-ministro da Defesa espanhol, ex-presidente dos Serviços de Informação, José Bono sublinhou que a iniciativa de autonomia, apresentada pelo Marrocos em 2007 para ONU,  constitui uma base "mais credível e racional", capaz de resolver o conflito em torno do Saara Marroquino.

 



"A proposta de Marrocos é considerada mais credível e lógica, reconhecida por potências ocidentais a exemplo dos Estados Unidos, da Alemanha, da França e Espanha", explicou do diplomata Bono, convidado num programa transmitido pelo canal espanhol "Lacesta ", no qual tem saudado a proposta de Marrocos sobre a questão do Saara.

Acrescentando: "Com toda a honestidade, a mudança da posição (espanhola) em relação ao Saara tem sido um sucesso por parte do governo", apesar dos moradores se preocupar com o fato de  "viver e não morrer de fome".

Para o ex-presidente da Câmara dos Deputados, a iniciativa de autonomia marroquina “sem dúvida, atende aos interesses dos habitantes do Saara, sobre as soluções, não sobre as decisões”.

O Sr. Bono tem alertado sobre o risco dos "radicais suas doutrinas que atendem a ninguém, a não ser a Polisario, agindo de forma não democrática".

Em  relação à Espanha, com outros países  e Marrocos, o Sr. Bono sublinhou a importância da Espanha agir como intermediação e o fato de compreensão nos sentido de “entender como país vizinho, a exemplo do Marrocos”.

 Notícias sobre o saara ocidental-Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2022