الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
segunda-feira, 25 de outubro de 2021
 
 
 
Detalhes

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Antonio Gueterres, no seu relatório junto ao Conselho da Segurança sobre o dossiê do saara marroquino, denuncia veementemente as severas e inaceitáveis ​​restrições impostas pela Polisário à (MINURSO), desde a sua retirada unilateral do cessar-fogo .


Tal relatório critica a Polisario objeto dos obstáculos que dificultam a ação da (MINURSO) no sentido de cumprir com a sua missão principal, de supervisionar o cessar-fogo e vigiar as milícias deste grupo armado, bem como a situação no terreno directamente.

O Sr. Guterres chamou a atenção do Conselho de Segurança para o fato de seu Representante Especial e Chefe da MINURSO terem protestado repetidamente contra essas restrições.

Diante destes protestos, a Polisario continua a impor severas restrições à livre movimentação da MINURSO, dificultando a realização das tarefas logísticas e  manutenção da segurança e estabilidade na zona,  afetando diretamente ou indiretamente a reparação e manutenção de equipamentos, além do fornecimento de combustível e produtos alimentares  a Missão das Nações Unidas.  Levando  (MINURSO) a reduzir o número de seus observadores militares, sobretudo no leste do sistema de defesa, em 30 por cento.

O Secretário-Geral das Nações Unidas chamou também o movimento separatista "para levantar imediatamente todas as restrições impostas à livre circulação de comboios terrestres, transporte aéreo e pessoal da (MINURSO), no leste do sistema de defesa, permitindo a livre movimentação das pessoas e a logística e manutenção."

Notícias sobre o saara ocidental-Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2021