الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
domingo, 15 de setembro de 2019
 
 
 
Detalhes

O Senado Federal brasileiro adotou por uma grande maioria de seus membros uma moção que apoia à iniciativa de autonomia marroquina para as províncias do sul, e que "respeita a integridade territorial e a soberania nacional do Reino".




O Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, enviou quarta-feira ao Ministro das Relações Exteriores do Brasil, esta moção para apoiar a iniciativa de autonomia apresentada por Marrocos, com o objetivo de encontrar uma solução política consensual e sustentável para o conflito regional em torno de do Saara marroquino.

 Adotada por 62 senadores de um total de 81, tal documento estipula em particular que "o apoio do Brasil à proposta marroquina de autonomia será consistente e respeita as resoluções do Conselho de Segurança da ONU e a posição da comunidade internacional. Tendo em vista a busca de uma solução política realista e consensual para esse conflito regional ".

 Os senadores signatários desta moção - representando todo o espectro político do país, a maioria é da oposição - expressando, nesse sentido, o apoio a um plano de autonomia que "respeite a integridade territorial e a soberania nacional de Marrocos".

 A moção, que também saúda os "valores comuns de tolerância, de pluralidade e da diversidade" que ligam Marrocos ao Brasil, considerada é a primeira do gênero a ser adotada pelo Senado brasileiro. Coroando um longo processo durante o qual o Brasil expressa e reitera, nos níveis executivo e legislativo, um apoio claro e massivo para uma solução política, referente a disputa artificial em torno do Saara marroquino, considerando o plano de autonomia como uma estrutura relevante para alcançar a paz e estabelidade .

 Em 13 de junho, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araujo, afirmou durante a visita a Brasília do Ministro de Relações Exteriores e Cooperação Internacional, Nasser Bourita, que "o Brasil apóia os esforços de Marrocos para  alcançar uma solução realista para a questão do Saara, sendo  disposto a contribuir com os vários esforços para alcançar estas soluções sem a retórica ".

 Há quase um ano, em maio de 2018, a Câmara dos Deputados do Brasil também adotou, por uma grande maioria, uma moção em apoio à iniciativa de autonomia.

 -Atualidade relativa à questão do Saara Ocidental / Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2019