الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
quarta-feira, 11 de dezembro de 2019
 
 
 
Detalhes

A cerimónia de posse da Sra Maimouna Essayed, que S.M. o rei Mohammed VI nomeou, como a nova presidente da comissão regional de direitos humanos de Dakhla-Oued Eddahab, teve lugar quinta-feira em Dakhla.



Esta cerimônia foi reforçada pela presença de Abderrafie Hamdi, diretor de monitoramento e proteção dos direitos humanos no Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), bem como os presidentes do conselho provincial de Oued Eddahab e do Conselho comunal de Dakhla, vice-presidente do conselho regional, além de outras personalidades judiciais e actores de direitos humanos.







Em um discurso especial, o Sr. Hamdi saudou a nomeação da Sra. Essayed como chefe da Comissão Regional dos Direitos Humanos de Dakhla Oud Eddahab, exprimindo a confiança do palácio na sua pessoa, e da sua Majestade, o Rei. Capaz de realizar esta missão de importância crucial no campo dos direitos humanos, particularmente no que diz respeito à implementação da abordagem de gênero.







E de acrescentar ainda que a CNDH conta muito no trabalho da Sra. Essayed e de sua equipe para consolidar os ganhos e conquistas e fortalecer ainda mais os laços e a evolução qualitativa no que diz respeito ao interesse nas questões de direitos humanos, de modo tanto nacional como local







Sr. Hamdi sublinhou ainda que a experiência das comissões regionais de direitos humanos em Marrocos continua sendo "distinguida" a nível internacional, salientando que ela visa essencialmente reforçar a proximidade dos cidadãos, a protecção de seus interesses e a promoção de direitos humanos. Referindo-se à nova orientação da CNDH, a ser a base de uma estratégia tridimensional que visa a proteção dos direitos humanos, a promoção e a prevenção no ámbito de uma nova visão.







Por sua vez, a Sra. Essayed declarou estar muito honrada com a nomeação de Sua Majestade o Rei Mohammed VI como a chefe da Comissão Regional dos Direitos Humanos de Dakdah-Oued Eddahab, enfatizando sua determinação em contribuir para um desenvolvimento qualitativo. apoiando as escolhas inabaláveis ​​e constantes do Reino.







Ela também expressou seu compromisso de permanecer aberta a todas as idéias e opiniões sobre a implementação e a proteção de direitos humanos, a promoção e a prevenção contra todas as violações.







A Sra. Essayed não deixou de destacar as mudanças qualitativas realizada no quadro da composição, da contribuição e das missões atribuídas à CNDH, permitindo-a  obter o estatuto "A" a exemplo de sua aptidão de acordo com os princípios de Paris que regem as instituições nacionais de direitos humanos.







Notícias sobre a questão do Saara Ocidental / Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2019