الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
quarta-feira, 21 de agosto de 2019
 
 
 
Detalhes

A questão do Saara marroquino é uma questão de integridade territorial, declarou a ex-presidente do Congresso peruano, Martha Chávez Cossío, ressaltando a relevância da iniciativa de autonomia apresentada pelo Reino para pôr fim ao conflito regional artificial. em torno desta questão.

 



Em um artigo publicado pelo jornal peruano "Expreso", Sra Chávez acrescentou que "um número crescente de países, sobretudo na América Latina e blocos regionais, como a União Africana, a União Européia e as organizações regionais acordam uma maior atenção e apoio para uma solução definitiva desta questão relativa à "integridade territorial de Marrocos", através da iniciativa de autonomia, proposta por Marrocos para virar a página de um conflito que durou mais quatro décadas.

 O ex-presidente do Parlamento peruano lembrou, nesse sentido, que o Conselho de Segurança das Nações Unidas, em suas resoluções saudou  a seriedade e o compromisso do  Reino para resolver este conflito, bem como os esforços colossais engajados em nível humano e materiais para desenvolver as províncias do sul.

Segundo  a  Sra Chávez, a resolução final desta questão é baseada sobre  "um compromisso político, realista e sustentável", que possa impulsionar o potencial de desenvolvimento da região.

 Ela também enfatizou que sua recente visita às cidades de Laayoune e Dakhla permitiu que ela aprendesse sobre a situação nessa parte do Marrocos e conhecer  a população local.

 A esse respeito, a ex-presidente do Congresso peruano enfatizou a vontade de realizar ainda mais progresso e prosperidade graças à dinâmica que vive as províncias do Saara em todos os níveis.

 "Marrocos, país amigo do Peru, um aliado do mundo" enfrenta as  ameaças ligadas ao extremismo religioso, concluiu ela.

 -Actalidade sobre a questão do Sara Ocidental / Corcas-

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2019