الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
sexta-feira, 12 de agosto de 2022
 
 
 
Imprensa Audiovisual

A Ministra das Relações Exteriores do Líbano reitera a posição de seu país apoiando a soberania do Marrocos sobre seu território, rejeitando qualquer entidade separatista em relação a sua integridade territorial do Reino de Marrocos.


O Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Cooperação Africana e dos Marroquinos Residentes no Estrangeiro, Nasser Bourita manteve-se conversações através da tecnologia de videocomunicação com o Vice-Primeiro-Ministro,  da Defesa e Ministra Interino dos Negócios Estrangeiros e dos Emigrantes, no governo provisório da República do Líbano, Sra. Zina Aker.

O comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros, da Cooperação Africana e dos marroquinos Residentes no Estrangeiro considerou que o Sr. Bourita tem saudado desde o início os laços e as relações de cooperação e da solidariedade, unindo os dois países irmãos, lembrando neste contexto das iniciativas  ordenadas pelo Seu Majestade Rei Mohammed VI, que Deus o assiste, em diferentes ocasiões,  confirmando ainda mais a importância que Sua Majestade atribui a segurança e estabilidade do Líbano, com objetivo de superar as dificuldades e desafios econômicos e o ambiente instável em  entorno regional.

Deste ponto de vista, o Sr. Bourita - segundo o comunicado - sublinhou que o Reino do Marrocos, sempre tem chamado pelo respeito da soberania do Líbano e da sua unidade territorial e nacional, esperando que os libaneses, e seus  componentes, possam promover o interesse do Líbano e avançar na formação de um governo de unidade nacional, capaz de criar um dinamismo. capaz de tornar a cena libanesa, gozar da confiança e de apoio da comunidade internacional.

Em relação a cooperação bilateral, o Senhor Bourita considerou a disposição do Reino de Marrocos como um meio para modernizar o quadro jurídico e ativar os mecanismos de cooperação bilateral, servindo ao interesse comum dos dois países e povos irmãos.

Neste contexto, o comunicado tem destacado que os dois ministros concordaram em formar uma comissão conjunta, visando a estudar a facilitação de vistos de cidadãos dos dois países, bem como as formas de  empregar talentos libaneses em Marrocos.

No que diz respeito à formação acadêmica, a mesma fonte indicou que foi acordado que seja aumentado a cota de bolsas do Líbano de 5 para 15 bolsas.

Tal comunicado acrescentou que a Sra. Zina Aker, por sua vez, reiterou o agradecimento do Líbano para a Sua Majestade o Rei Mohammed VI, que Deus o assiste, por suas iniciativas de solidariedade com o Líbano, particularmente no caso da prestação da assistência médica e alimentar,  estabelecendo  um campo hospitalar e médico-cirúrgico, após a explosão do Porto de Beirute, 4 de agosto de 2020, além do apoio real apresentado ao exército libanês e ao povo, 16 de abril de 2021, visando a enfrentar os desafios econômicos e as repercussões da pandemia do COVID- 19 .

A ministra libanesa esclareceu - segundo o comunicado - que as iniciativas marroquinas a favor do seu país não são uma consequência da atualidade, uma vez que o Reino de Marrocos sempre apoia e suporta o Líbano nas suas questões nacionais desde o Acordo de Taif.

Em relação à questão do Saara marroquino, a Sra. Zina Aker afirmou a posição do Líbano a favor da soberania de Marrocos sobre seu território,  rejeitando quaisquer entidades separatistas contra  à integridade territorial do Reino de Marrocos.

Notícias sobre o saara ocidental-Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2022