الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
sexta-feira, 7 de outubro de 2022
 
 
 
Imprensa Audiovisual

Uma parlamentar peruana, Marta Chavez Cosio confirmou que seu país tem sido chamado para apoiar o Marrocos na questão em torno do saara marroquino, lembrando que o Reino é um aliado do Peru numa "região dificil".


Durante a sua participação num seminário organizado pelo Instituto Internacional de Governança do Peru a distancia envolvendo a questão do Saara Marroquino, Chávez Cosio sublinhou que: “ os Países da regiao como o Peru não devem permanecer neutros e devem apoiar a“ causa do Saara Marroquino, lembrando que o Marrocos apresentou mecanismos, capazes de levar a uma solução pacífica do conflito artificial sobre sua integridade territorial. ”, indicando  a este titulo a iniciativa de autonomia.

O ex-Presidente do Parlamento acrescentou, durante esta reunião, na qual participou o Embaixador do Reino no Peru, Senhor Amin Chaudhry, considerando que o Reino demonstrou concretamente, por meio desta iniciativa, seu compromisso pelos meios pacíficos que possam resolver este conflito, destacando que o Marrocos é "um aliado do Peru numa região muito complexa face a muitos riscos e ameaças."

O chefe do Grupo de Amizade Parlamentar Peruano-Marroquino também destacou os esforços do Marrocos alcançados por mais de quatro décadas, em termos do desenvolvimento em todos os níveis de suas províncias do sul, destacando que a "soberania legítima" de Marrocos sobre o Saara tem sido baseada sobre a história e a legitimidade internacional .

Por sua vez, o presidente do Instituto Peruano de Direito e Relações Internacionais, Miguel Angel Rodriguez MacKay afirmou que a resolução deste conflito regional é garantida pela proposta de autonomia,  considerando a boa vontade de Marrocos e de seu desejo de pôr fim a este problema, anotando que a autodeterminação é uma reivindicação que a Polisario usa para enganar o povo detido nos campos de Tindouf,  Argélia, distorcendo o processo que visa uma solução  deste problema sob os auspícios exclusivos das Nações Unidas.

Rodriguez MacKay acrescentou que a iniciativa de autonomia goza de crescente apoio internacional e reflete a vontade de Marrocos de resolver este conflito, a exemplo da decisão dos Estados Unidos de reconhecer a plena e total soberania do Reino sobre o seu Saara; abrindo um consulado na cidade de Dakhla, promovendo principalmente tarefas econômicas e sociais, além de incentivar os investimentos americanos e o desenvolvimento econômico e social nas regiões do sul.

O acadêmico peruano, que visitou a cidade de Dakhla, considerou que o Marrocos tem realizado grandes esforços para lançar as bases de um desenvolvimento integral na região central do continente africano, destacando o papel do Marrocos para alcançar a estabilidade em toda a região.

Sr Martin Belaunde Moreira, ex-presidente da Comissão de Relações Exteriores do Parlamento peruano concluiu ao dizer que "o Saara é parte integrante do Marrocos", cuja proposta de Rabat de conceder autonomia às suas províncias do sul se enquadra na plena soberania de Marrocos sobre o país. Confirmando ainda o seu compromisso com uma solução pacífica em torno deste conflito regional.
Notícias sobre o saara ocidental/Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2022