الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
sexta-feira, 7 de outubro de 2022
 
 
 
Imprensa Audiovisual

A embaixadora de Marrocos na República Tcheca, Senhora Hanan Saadi, esclareceu que os amigos de Marrocos na União Europeia devem apoiar a iniciativa marroquina no sentido de desenvolver uma posição que apoia  a proposta de autonomia nos moldes da posição americana.



Durante um seminário à distância sobre a "Política americana no Oriente Médio e Norte da África", organizado pelo Centro de Relações Transatlânticas de Praga, a Sra. Saadi destacou que os amigos de Marrocos na União Europeia devem desenvolver a iniciativa marroquina no sentido de uma posição de apoio à autonomia proposta nos moldes da posição americana.

Durante o simpósio, que contou com a participação do diretor do centro e do ex-ministro da Defesa e Relações Exteriores da República Tcheca Alexander Fondra, do Embaixador de Israel na República Tcheca Daniel Meron e do Representante Europeu Jan Zahradel, o diplomata marroquino revisou o conteúdo da declaração de cooperação tripartida conjunta entre Marrocos, Estados Unidos da América e Israel, no que diz respeito ao reconhecimento da soberania do Marrocos sobre as suas províncias do sul, bem como o reatamento das relações diplomáticas com Israel e a afirmação da posição do Reino de Marrocos, sobre a adesão à solução de dois Estados para a questão palestina.

Lembrando que as relações marroquino-americanas remontam à história e abrangem todas as áreas de cooperação, destacando que todas as administrações americanas anteriores apoiaram a proposta de autonomia de Marrocos, tendo em vista resolver a disputa regional do Saara marroquino, através do plano de autonomia, apresentado desde 2007, além das decisões do Conselho de Segurança e das posições que apoiam esta proposta.

Ressaltando que a decisão americana de reconhecer a soberania de Marrocos sobre seu Saara é corajosa e clara, expressa com franqueza a posição das sucessivas administrações americanas, bem como reflete a esmagadora maioria da posicao  da comunidade internacional, destacando que a posição americana em relação à integridade territorial do Reino reflete à liderança racional e à visão perspicaz de Sua Majestade o Rei Mohammed VI, chamando as autoridades checas a ter uma posição clara sobre a integridade territorial do Reino de Marrocos, em linha das relações distintas entre os dois países .

Por sua vez, o Embaixador do Estado de Israel, Daniel Meron, destacou a profunda satisfação do retorno das relações bilaterais entre Marrocos e seu país, a nível oficial ou popular, expressando a sua convicção da posição americana sobre o assunto do Saara marroquino, o aue não vai mudar com a nova administração devido ao seu profundo conhecimento do Partido Democrata e de seus membros, ligados às administrações anteriores ou atuais.

Por sua vez, o parlamento europeu Jan Zahradel saudou o acordo tripartido celebrado entre Marrocos, Estados Unidos e Israel, destacando a necessidade de os amigos de Marrocos aproveitar a oportunidade para abrir canal de discussão através de alguns grupos parlamentares europeus hostis ao território marroquino, convencendo as instituições europeias e os governos dos Estados-Membros para avançar no sentido de uma posição clara de apoio à integridade territorial do Reino, refletindo o seu peso estratégico, sem prejudicar a estabilidade do Reino nem ameaça à segurança dos Estados-Membros da União Europeia.

Notícias sobre o saara ocidental-Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2022