الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
sexta-feira, 7 de outubro de 2022
 
 
 
Imprensa Audiovisual

Presidente do Conselho Real: Autonomia devolve para o saraniano a confiança e esperânça no futuro

O presidente do Conselho real consultivo dos Negócios sarianos (CORCAS), o Presidente do conselho real sublinhou, na sua intervenção o 29 de Março à emissão "Moubacharatan Maâkoum" de 2M, quando foi instaurado o Conselho sendo como instituição que é ligada directamente com a sua SM o Rei, permitindo levar ao efeito a política Real nas províncias do Sul do Reino de maneira transparente, eficaz e credível.



O presidente do Conselho real consultivo dos Negócios sarianos (CORCAS), o Presidente do Conselho real sublinhou, na sua intervenção no dia 29 de Março à emissão "Moubacharatan Maâkoum" de 2M quando do instauro do Conselho como instituição ligada directamente à SM o Rei. Este conselho permite levar a efeito a política Real nas províncias do Sul do Reino de maneira transparente, eficaz e credível.

"A adopção desta política participativa na gestão da coisa local das províncias do Sul permitirá aos jovens reencontrar a confiança que eles procuram no futuro", sublinhou o presidente do CORCAS. o Presidente do Conselho, recordando que as principais missões do CORCAS têm sidas estruturadas sobre a integridade territorial do Reino bem como sobre a realização de um desenvolvimento económico e social nestas províncias pondo à contribuição o conjunto dos seus recursos humanos.

Acrescentando ainda que o Conselho "permitirá igualmente aos habitantes províncias do Sul exprimir a sua vontade em toda liberdade".

A respeito da proposta de autonomia no âmbito da soberania marroquina, considerando que nela que reside a solução adequada ao Sahraouis. Ela constitui igualmente, tem dito, "a melhor resposta ao Polisario que tenta se autoproclamar como o único representante do Sahraouis, enquanto que a comunidade internacional quer dirigir-se aos interessados e constatar a sua adesão à autonomia.

" O presidente do CORCAS aumentou que a existência de um novo interlocutor da comunidade internacional nas províncias do Sul junto a SM o Rei Mohammed VI, tocará o dobre do Polisario, tanto dentro como fora, recordando que "este Conselho foi encarregado por SM o Rei que convença as populações dos campos de Tindouf reganhar a Mãe Pátria".

Após ter recordado que o Soberano decidiu levar a efeito uma nova política nacional histórica entre a Administração e os habitantes das províncias do Sul, notou que esta política é a primeira a ser balizada para o regulamento definitivo do assunto do Sara marroquino.

O Presidente do Conselho dirigiu à esta ocasião, uma chamada ao todos os Sahraouis que residem no estrangeiro incluindo aqueles que foram sequestrados  nos campos de Tindouf, na Argélia, bem como os fundadores do Polisario para reganhar a Pátria Mãe " porque o Marrocos alterou bem como a situação nas suas províncias do Sul, que não são mais regiões abandonados em matéria de desenvolvimento".

 "há um Marrocos novo, uma visão séria e uma nova proposta iniciada por SM o Rei Mohammed VI que garante-lhes a vida à qual aspiram", concluiu.

Fonte: MAP

Actualidade relativa à questào do sara

 

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2022