الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
quinta-feira, 17 de outubro de 2019
 
 
 
Imprensa Audiovisual

As empresas espanholas nas Ilhas Canárias esperam beneficiar do desenvolvimento e do dinamismo das províncias sarauís. O lançamento de vários projectos do desenvolvimento socio-económico durante sua última visita às províncias do sul, S.M o rei Mohammed VI estabeleceu as bases da regionalização avançada para o sara, informou a rádio espanhola "Cadena Ser".

 



Três meses após o lançamento do enorme desenvolvimento e a construção multi-sectorial a favor das províncias sarauís, sob a presidência, Sua Majestade o Rei reafirmou com uma nova visita à região durante o qual ele lançou grandes projectos em diversas áreas, diz a rádio espanhola em um artigo publicado em sua página web.

 Dotado de um orçamento total de sete mil milhões de euros e visando a criação de 120.000 postos de trabalho, o novo modelo de desenvolvimento da província do sul do Reino é "uma mensagem clara para o endereço da comunidade internacional quanto ao destino que espera o Sara ", revela a rádio.

 Cadena Ser lembra que o Soberano inaugurou vários projectos nos domínios da energia, da infra-estrutura e do transporte, acrescentando que uma intenção especial foi também dada à pesca, ao turismo, aos fosfatos, á agricultura e á educação.

 A rádio espanhola destacou ainda a importância do Conselho dos Ministros, presidido por M.S. em Laayoune, durante sua visita ao Sara, onde foram tomadas decisões importantes.

 No mesmo contexto, o ministro do Interior, Mohamed Assad, citado pela "Cadena Ser", sublinhou que a regionalização avançada se basea em sua parte económica sobre o desenvolvimento dos recursos naturais, dos investimentos e da reda em beneficio das populações locais.

 "O novo modelo das províncias do sul do desenvolvimento é um mecanismo de implementação e da aceleração do processo de regionalização avançada", acrescentou.

 "Cadena Ser" anotou, além disso, que as empresas espanholas, incluindo das Ilhas Canárias, esperam beneficiar do desenvolvimento e do progresso das províncias sarauís.

 "É de importância estratégica para ressuscitar esta partilha do conhecimento e do intercâmbio cultural que sempre existiu" entre o sara e as Ilhas Canárias, disse à rádio 'Cadena Ser', referendo a José Torres Fuentes, Presidente da câmara de comércio de Lanzarote ( das Ilhas Canárias).

 As duas partes podem envolver-se em projectos de interesse comum onde as empresas Canárias possam trazer sua experiência nos domínios, entre outros, o sector das pescas, do turismo, a inovação, a dessalinização da água do mar e a energia renovável, precisou  ele.

 "Cadena Ser" anotou a importância de estabelecer ligações marítimas e aéreas entre as Ilhas Canárias e as províncias do sul para promover a cooperação económica e comercial entre as duas partes.

 - Notícias sobre a questão do Saara Ocidental / Corcas-

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2019