الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
22 de maio de 2024
 
 
 
Imprensa Escrita

O membro da Câmara dos Lordes britânica, Daniel Hannan chamou, sábado passado, para o reconhecimento da “plena soberania” de Marrocos sobre o seu Saara e fortalecimento das relações comerciais entre os dois reinos.



O Lord Hannan, num artigo publicado no diário britânico (The Daily Telegraph) sublinhou: “Não deve eliminar os direitos aduaneiros somente, mas sim criar um corredor digital entre Tânger e nossos portos para reduzir as trocas artificiais e burocráticas, promovendo investimentos (...) de modo que nossa política comercial possa reconhecer plenamente... “a  soberania marroquina sobre o Saara”.

Expressando o seu grande espanto pelas instalações industriais marroquinas à margem da sua visita ao Reino, semana passada.

O Lord Hannan, como presidente do Instituto de Comércio Livre, considerou que o porto de Tânger Med “constitui o maior porto não só de África, mas também do Mediterrâneo”, envolvendo “uma enorme indústria automóvel base de importante  infraestrutura e logística.”

Acrescentando que nos últimos 20 anos, foi desenvolvido um hub de aviação em Casablanca, além da conexão das principais cidades do país com comboios de alta velocidade, somente "alguns países pelo mundo detém esta localização, produção de energia eólica, solar e de seu subproduto hidrogênio verde."

Tal Lord Hannan sublinhou que Marrocos tomou a decisão estratégica de diversificar a sua economia, e a este respeito, o Instituto de Comércio Livre apresentou uma série de propostas para liberalizar o comércio entre os dois reinos.

O ex-deputado europeu frisou que tal política vai permitir ao Reino Unido aproveitar ao máximo as oportunidades oferecidas pelo Brexit.

Lembrando que o deputado britânico, Liam Fox, chamou por sua vez o Reino Unido para dar  o seu total apoio a Marrocos e reconhecesse a sua soberania sobre o Saara.

O deputado britânico transmitiu uma mensagem ao ministro dos Negócios Estrangeiros, David Cameron, na qual sublinhou a necessidade de assumir “uma posição mais eficaz, por parte do Reino Unido” em relação à questão do Saara marroquino.

Tal deputado, nesta mensagem, exprimiu que uma postura mais ativa e de apoio do Reino Unido deve ser em prol da iniciativa de autonomia marroquina, importante não só para as relações diplomáticas, mas também para a paz e a cooperação internacional.

Notícias sobre o saara ocidental-Corcas


 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2024