الـعـربية Español Français English Deutsch Русский Português Italiano
segunda-feira, 1 de junho de 2020
 
 
 
Imprensa Escrita

O site de notícias chileno El City destaca o fato da formação do movimento saharaui pela paz, considerando tal ideia de um “movimento alternativo” do Polisário, uma “força política independente”.



O site de notícias sublinhou, no seu artigo dedicado sobre os fatos desta nova organização, relativa á formação deste Movimento Saharaui pela Paz, a qual veio como resultado de uma falta de credibilidade e legitimidade por parte dos separatistas de Polisário.

Acrescentando que os fundadores deste movimento justificaram esta iniciativa pelo fato de que o Polisário  tem "esgotado sua energia,  incapaz de renovar e sem a vontade de se abrir sobre as novas idéias e iniciativas", sendo "todas as iniciativas e esforços engajados a esse respeito colidiram com a intransigência e arrogância de uma liderança fraca, governada pelo autoritarismo e anti-democracia".

Segundo os fundadores do movimento, "o estado de bloqueio contínuo e a ausência de um horizonte para resolver o problema" do saara,  além de ir ao "asilo eterno, devido a situação humanitária e social e a deterioração das condições de vida", além das graves "violações dos direitos humanos e da absoluta impunidade de seus autores (...) objeto da ausência de legitimidade e credibilidade da Polisário" De acordo com LCity.

Esclarecendo, com base na declaração do Movimento Saaraui para a Paz, "a velha guarda  ocupante dos pretendidos aparelhos das autoridades, foi rejeitada pela falta de quaisquer idéia de renovação do interior, ficando claro, como foi mostrado os resultados da última conferência " ao encontro dos separatistas.

No mesmo contexto, o site de notícias chileno indicou que "o novo projeto político visa a representatividade das sensibilidades e opiniões que expressam sobre os diferentes componentes da população saaraui, as quais não se encontram representadas nas posições e projetos políticos e ideológicos da Frente Polisario".

Anotando que a formação desse movimento constitui "uma experiência sem precedentes que rompe com o antigo modelo abrangente e radical do Polisario".

O site de notícias acrescentou ainda que o movimento "aposta em soluções pacíficas e aspira a ocupar sua devida posição como uma nova referência política", impulsionada por "uma vontade firme e sincera de influenciar positivamente e participar, de diferentes abordagens, com vista uma solução compatível e duradoura" para a questão do Saara.

Concluindo que o movimento "Sarauis pela Paz" é considerada como uma solução do conflito no Saara, necessitando alcançar a paz, a integração e o desenvolvimento em benefício do povo do Magrebe, esperado por várias décadas, tratando de uma "necessidade histórica" que abriria um "estágio de progresso e de prosperidade" para os povos da região.

Noticias sobre o saara ocidental-Corcas

 

 Este site não será responsável pelo funcionamento e conteúdo de links externos !
  Copyright © CORCAS 2020